Mais lidas

Empreendedorismo

Post Page Advertisement [Top]


Você já tentou abrir uma empresa?
Muitos têm o sonho em ter o próprio negócio e viver disso.

Você pensou na dificuldade em abrir uma empresa no Brasil?
Mesmo antes de chegar aos processos burocráticos.
Muitas pessoas querem abrir uma microempresa mas não possuem capacidade técnica para empreender.

Agora imagine
Já pensou em quantas microempresas foram fechadas por conta da falta de competência dos empreendedores?

Já pensou no desperdício de tempo e dinheiro no planejamento?

E o que fazer para sanar esses problemas, aumentar a capacidade técnica da empreendedores, qualidade de vida da população e elevar a economia?

 
O Brasil tem muita gente com boas ideias de negócios. 

A gente pode ter noção disso quando, mesmo que de forma cômica, conseguem promover um produto ou a empresa com algo que está na boca da galera, ou que está gerando repercussão do público.

E aí já sabe: vira meme, a empresa viraliza nas redes sociais e isso é bom, pois, ou gera lucro ou gera reconhecimento ou simpatizantes da empresa.

Você pode até se perguntar se isso é algo para ser levado em consideração. 
Bem, se eles conseguem fazer esse tipo de relação, a gente pode ter noção que ideias básicas de negócios eles têm.



Entretanto, sabemos que não só isso que mantêm uma empresa no mercado não é mesmo?
Há uma série de outros fatores que são indispensáveis, obrigatórios e chatos. 

Um deles são os processos burocráticos, que apesar de já evoluirmos muito com a criação do Simples Nacional, sabemos que ainda é uma complicação abrir e manter uma empresa no mercado.

Mas não é só isso. Há outros obstáculos para serem vencidos antes mesmo de chegar a parte dos processos burocráticos.

Muitos podem até falar que para a empresa crescer precisa disso, disso e disso, ok, beleza. 
Mas muitos só sabem disso na teoria, pois na prática talvez nunca tentaram abrir uma empresa em cidade pequena. Então talvez não tenha lugar de fala, pelo menos não na prática.


 Mas por que é tão difícil abrir uma empresa?
Nós sabemos que oportunidades não são justas para todos. Uns mais outros menos. Mas sabemos que precisamos buscar o que queremos.

As autoridade até poderiam colaborar mais....

Enfim, o que não pode é ficarmos acomodados com o que  temos, precisamos nos atualizar e ficar atento no mercado, mesmo que não se tivermos muito auxílio.

Se você realmente quer abrir um negócio, você vai ter de ser muito insistente e também vai precisar saber de conhecimentos e ter ações imprescindíveis para poder obter sucesso. 


Entre eles estão:

> Capital – Não precisa ser muito, dependendo do seu negócio, mas que pelo menos dê início para começar.


> Liderança – Muitos dizem que isso não que precisa buscar, ou nasce ou não vai ter. 


Mas não é bem assim. Óbvio que você precisa ter vontade de empreender tendo isso e com outras coisas que citaremos abaixo, você pode aprender a liderar. Realize essecurso que você saberá.



> Não ter medo de arriscar – Ter criatividade, atitude e arriscar. E com certeza, não ter medo de errar às vezes. Mas tem que saber onde está pisando. 

Quando eu comecei com a ideia de ter um blog, por exemplo, eu não sabia exatamente do que falar, por muito tempo só queria ter um blog e escrever qualquer coisa. 

Dessa forma eu cometi um dos maiores erros de todos nesse mercado: Não ter visão de onde poder chegar. 

Depois de muito errar consegui fazer com que o blog tivesse sentido. Depois decidi que queria fazer algo diferente. E então criei o Visão Livre

O que eu to querendo dizer com isso é que para ser empreendedor você precisa arriscar, mas também precisa saber o que tá fazendo, por que se não, tudo vai por água a baixo.


> Capacitação – Essa é sem dúvida um dos mais importantes. Como foi dito, precisamos saber o que estamos fazendo para não sofrermos depois. E isso só pode ser feito se você tiver capacidade de manter gerir uma empresa. 

Esse é um dos principais motivos de 80% dos micro e pequenos empreendedores fecharem as portas no 1° ano e também um dos motivos da dificuldade de manter um empresa no mercado. Não cometa essa erro. Capacite-se!

Existem outros fatores, mas vamos focar nesses por enquanto. Especialmente nesse último. 
 

Ter a capacidade para gerir não são para todos
Ter capacidade para reconhecer a empresa e o local onde vai inserir é primordial para o sucesso ou fracasso, ainda mais em cidades pequenas, onde a maioria das empresas é muito semelhante no ramo de atuação ou na gestão do negócio.

Quem é de cidade pequena sabe que as empresas parecem todas iguais em muitos aspectos. E realmente são. 

Farmácias, mercantis e óticas, empresas que movimentam e dominam mercado em quantidades de negócios, muitas são má administradas e não tem perspectiva de expandir seus negócios ou não sabem como fazer isso.

Se você passou por uma cidade pequena sabe que em quase todo canto tem uma dessas.

Mas o pior não é isso. E sim como muitas são geridas. São passadas de geração em geração sem ao menos observar a competência do próximo gestor para isso.


O que pode ser muito bom na primeira pode um fiasco a partir da segunda e ir a falência na terceira.
Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) e do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), apontam que mais de 90% das empresas constituídas no país são familiares. 

Apesar de serem a grande responsável por movimentar a economia, com 75% da força de trabalho e quase 65% do PIB, pesquisas mostram que de cada 100 empresas familiares abertas e ativas, apenas 30 sobrevivem à primeira geração e apenas 5 chegam à terceira geração.

Ou seja, 95% das empresas não passam da terceira geração.


Então quer dizer que eu não posso abrir uma empresa nesses ramos e nem passar para os meus filhos ?
Nessas cidades dizemos que o mercado pode estar saturado com tantas empresas para poucos habitantes, o que pode ser algo ruim para um novo negócio.

Mas não significa que você não pode abrir uma empresa nesse ramo. Muito menos que você não pode passar sua empresa seus filhos. Longe disso. 

Procure ser diferente para mudar essa trajetória. Mais a frente falamos um pouco mais, continue lendo.


Ter capacidade para gerir um negócio é o diferencial de muitos microempreendedores. 
Saber onde está inserido com quem está concorrendo o que melhorar, é essencial. 

Além disso, é preciso conhecer e analisar os seus pontos fracos e fortes, buscar soluções de lugares onde parecem impossíveis e lidar com situações improváveis e repentinas e entre outras situações.

Mas para um bom empreendedor, é mais viável e recomendado prever essas situações, para evitar o desgaste de tempo, físico e até mesmo financeiro, o que é algo ruim.



Não é fácil, mas não desista...
Nesses locais, o surgimento de uma empresa parece ser ainda mais difícil, trabalhoso e desmotivante.

E é mesmo se formos levar em consideração que o comércio nessas cidades não é, normalmente, vasto o bastante para gerar o retorno do capital investido nos primeiros meses, o que pode ser frustrante para o empreendedor.

Além disso, não é todo tipo de empresa que é adequada para essas cidades, ocorrendo que se alguma pessoa criativa surgir com algo inovador, terá dificuldades para se manter, podendo, na maioria desses casos, ter que abrir a empresa em cidades maiores. 

Ou pior ainda: ter que acabar com seu sonho de ter seu próprio negócio, o que é uma pena.

Mas não se dê por vencido. Lute até você conseguir.




Então o que deve fazer?
Uma das primeiras coisas que se deve fazer é analisar se seu tipo de negócio é viável para o local, se vai suprir alguma necessidade da população. Fazer uma análise de mercado é crucial.

É preciso também saber o que minha empresa pode oferecer para a sociedade, se é capaz suprir essa carência.


E o mais importante
Reflita também os pontos fortes e fracos da empresa e suas, como gestor, além de buscar melhorias sempre para ambos, mesmo nos pontos fortes.  Se você tem isso, ótimo!


Veja a disponibilidade de fornecedores. 
Não é sempre as empresas conseguem parceiros próximos, podendo trazer dor de cabeça com a questão de logística, especialmente no transporte, com maiores custos para a organização e atrasos com entregas.

> Analise seus concorrentes. Assim como conhecer seus pontos fortes e fracos, é preciso conhecer os pontos fortes e fracos de seus concorrentes para que você possa melhorar e fazer algo diferente. Saber quantas empresas têm, o por quê de os clientes comprarem naquele local, o que eles oferecem, se possuem planos de fidelidades, promoções... Tudo o que puder.


Mantenha seus concorrentes próximos!
Veja produtos ou serviços novos, reflita no que você pode melhorar, tenha a Visão Livre para qualquer ocasião, faça algo novo! O mundo está precisando de algo diferente. Seja você a diferença que o mundo precisa.

Ah, é válido para todos os setores, inclusive o de serviços.

Isso é importante, pois como se diz aqui na agricultura, é necessário conhecer todo o "terreno" e prepará-lo antes de plantar as sementes e colher os frutos.


Mas por que em cidade pequena a falta de capacitação é um empecilho?
Na verdade isso é válido para toda empresa, pequena, médio e grande porte ou mesmo microempresa. Mas normalmente em pequenas cidades onde há micro e pequenas empresas ocorre que a liderança ou a diretoria é passada de geração para geração sem, muitas vezes, ver a competência para o cargo.

Isso ocorre com frequência com cargos públicos também, o que é crime, o conhecido Nepotismo.

Mas voltando, a passagem de bastão de mão em mão desse tipo não é algo bom para a saúde da empresa, podendo levar a falência em pouco tempo.

Por isso é importante ter conhecimento necessário para gerir uma empresa. Não é qualquer um que tem ou que consegue desenvolver esses conhecimento.

E se você tem ou pode ter, parabéns.


Mas não se contente com isso, busque evoluir, melhorar sempre como gestor e empresa! 
E quiser passar adiante para sua geração administrar, busque saber eles estão afim disso e caso seja positivo, estimulem a realizar as competências necessárias e tentar ir além de sua gestão. Assim a empresa só tende a crescer.

Isso é bom para a cidade, para o estado e para o país e melhor ainda para você e sua família!



Portanto, o país e estados até poderiam oferecer mais recursos para a capacitações de empreendedores uma vez que isso ainda é difícil na maioria das cidades e o país precisa muito deles.

Mas com certeza, o maior esforço deve ser de quem quer empreender.

Busque, enriqueça, aprimore seus conhecimentos, afinal nunca é demais.


Estimule seu lado empreendedor, afinal o mundo precisa de pessoas assim. Talvez o mundo precise de você!

Mãos à massa!

Ah e sempre que precisar estaremos aqui para dar uma ajudinha para com a sua microempresa ou mesmo para começá-la do zero! É só falar conosco!


Gostou do artigo?
Deixe nos cometários!
Abraços a todos!


 Siga-nos

Nenhum comentário:

Postar um comentário




Instagram


@visao_livre